17/05/2017

VAMOS FALAR DE FILHOS - TER OU NÃO TER?

 


Olá meninas! Nosso tema de hoje está mais para um desabafo e uma situação que venho passando desde que me casei, e tenho certeza de que muitas de vocês se identificarão comigo. Ter filhos ou não ter? O que fazer para suportar as cobranças infindáveis da família, amigos, vizinhos, a galera da igreja e até seu cachorro parece fazer questão de você ter um filho?
 
Sou casada há 4 anos no civil e religioso, sempre sonhei com esse dia, mas a vontade de ter filhos não era lá essas coisas, mas existia um pouco sim. Quando eu estava noiva do meu marido nossa eu sonhava acordada, imaginando como seria minha rotina de casada, casa pra limpar, roupa pra lavar, louça, cozinhar, coisas que eu particularmente amo fazer - exceto cozinhar, mas eu mando bem na cozinha.

Quando estamos na casa dos pais se preparando para casar e essa "vibe" toda de casamento, é claro que estava mega animada e não via a hora de ver minha barriga crescer, o cheirinho de bebe e roupinhas pra lavar, fraldas pra trocar, inúmeras mamadeiras, passeio na casa dos avós enfim; mas quando me casei e me mudei pra minha casa eu vi que as coisas não eram exatamente como eu pensei que fosse, e daí a vontade enlouquecida de ser mãe foi sendo esquecida, e quando nos mudamos nosso apto precisava de uma reforma, só meu marido trabalhando e eu me recuperando da dengue, quase entrei em depressão pós casamento (risos) de tanto que eu chorava de saudade do meu bairro e de casa, estar longe da minha mãe e de todo aquele ambiente familiar me deixou muito mau, levei dois anos para me recuperar.

Com isso fui desanimando de ter filhos, mas ao mesmo tempo sem evitar (sei lá não queria colocar impedimento para vontade de Deus). Se passaram quatro anos e a vontade de ser mãe só diminui; na medida em que as coisas no Brasil vai piorando, as coisas vão ficando difícil, contas e mais contas, muitos afazeres ministeriais, domésticos e profissionais, no momento estou mais focada nessas coisas.

A família pressiona, aliás todos pressionam, mas estou tranquila de verdade, está nas mãos de Deus. Mas isso sufoca, parece que nenhum casal tem o direito de não querer ter filhos, só que ninguém vem a sua porta oferecer uma lata de leite pra você, logo já exclama - Cada um com seus problemas! O ser humano é muito cruel.

Eu e meu marido optamos em deixar na vontade de Deus, embora a minha vontade mesmo é de não ter filhos, porque não me sinto preparada para ser mãe, não sei se isso tem a ver, mas eu passei minha infância e adolescência cuidando dos meus três irmãos mais novos, sendo que a caçula hoje tem 17 anos. Perdi minha infância e minha adolescência cuidando de irmãos e da casa. Hoje eu quero me focar nos meus estudos - Louvor e Adoração e canto. Trabalhar muito profissionalmente e na obra de Deus, curtir a vida, passear mais com marido. Ele também passou a infância e a adolescência cuidando de seus irmãos e sendo "marido de sua mãe" (somos os primogênitos da família - coitados de nós).

Se você que lê este post se identifica com a minha situação, lembre-se que os filhos são do Senhor, ele escolhe se nos dá ou não. Com toda a sinceridade do mundo, eu não me preocupo com isso, simplesmente deixo nas mãos de Deus, se não veio é porque Deus sabe que eu não tenho condições nenhuma de ter agora, e se eu for estéril eu também não vou fazer como Raquel que disse a Jacó se não tivesse filhos morreria, e nem Ana que se deprimiu porque não tinha filhos. Vou aproveitar minha vida sem filhos para trabalhar para Deus, e se vier os filhos vou amar incondicionalmente.

Aprendi que temos que ser feliz com o que temos, e eu neste momento tenho um marido que me ama de verdade, pais vivos, irmãos chatos que amo, amigos maravilhosos, meu ministério No Teu Altar um presente de Deus e o amor de Deus para comigo todos os dias mesmo sem eu merecer. Aprendi que felicidade não depende se eu tiver filhos ou não, depende de como eu vivo a vida que eu decidi deixar Deus escolher para mim, e se Deus quer que eu tenha filhos, essa vontade em mim de não ter vai se transformar em querer, e esse medo de ser mãe e de criar essas crianças nesse mundo cruel de hoje vai se transformar em fé e confiança em Deus.

Seja corajosa e não se abata porque você não tem filhos, seja ela qual for o motivo, porque quer ter ou não, ou porque Deus fechou seu ventre para não gerar filhos, mas certamente frutificou nossos corações e nossa vida para gerar filhos para Deus - Almas!



VEJA TAMBÉM...

Nenhum comentário:

Postar um comentário