26/05/2016

A MULHER DEVE MESMO FICAR CALADA NA IGREJA?


 
Há um tempo que queria trazer esse assunto aqui no blog, mas antes eu estava pesquisando e estudando sobre o assunto para não falar besteira aqui. Esse assunto gera muita polemica e revolta na mulherada evangélica e indignação nos homens porque se sentem ameaçados de perderem seus lugares de liderança para as mulheres. Sei que muitas irão querer me matar hoje, mas aqui eu só falo a verdade na luz da Bíblia, não adianta ficar revoltada por que as coisas acontecem da maneira que Deus quer. Então vamos ao que interessa!
 



Há muitos marxistas ou machistas (sei lá como se escreve isso rs) que usam essa passagem de Paulo para serem autoritários sobre as mulheres e que as mesmas deveriam “calar a boca”; pegando versículos isolados para subjugar o outro, e por outro lado as mulheres aceitam essa subjugação de autoritarismo e não vão atrás do conhecimento profundo da verdade para se defenderem “desses abusadores morais”, e sabemos que um texto fora de contexto gera um grande pretexto que resulta num erro gigantesco.
 
Naquela época se pegarmos as histórias do mundo antigo, as mulheres romanas, gregas e mesopotâmicas as mulheres eram tidas inferiores aos homens, no sentido meio escrachado da coisa, comparada as mulheres israelitas. Se olharmos bem em toda a Bíblia há relatos de muitas mulheres que lideraram, lutavam com o povo, que eram intercessoras e que de uma forma ou de outra elas sempre ajudavam na liderança de um homem e executavam papeis importantes naquela época. Veja exemplo de Débora que foi Juíza de Israel, Ester que foi Rainha, líder dos judeus, entre outras.
 
Esses conselhos de Paulo (que soa meio machista, mas não é), eram muito específicos para uma ocasião que estava ocorrendo na Igreja de Coríntios, e não são pra todo mundo estendendo até os dias de hoje, porque para Deus homens e mulheres tem o mesmo valor, não há diferença, mas com funções específicas para cada um (isso que ninguém entende).
 
Só pra entender um pouquinho as mulheres na Macedônia (que hoje pertence à Grécia) é que as mulheres falarem em público não era uma coisa muito comum, e essa liberdade que os Missionários como Paulo, Timóteo davam as mulheres de testemunhar de falar escandalizava um pouco a sociedade da época, que tinham a mulher como nada, e de repente nas sinagogas elas podiam falar, perguntar enfim.
 
Ai vem outro caso, que eram mais fácil às mulheres aceitarem o cristianismo do que os homens, o que é uma realidade até hoje (veja na sua igreja quem supera em quantidade, os homens ou as mulheres?), isso se explica pela a mulher ter o coração mais dócil, ser mais emotiva do que os homens, nós somos a maioria nas igrejas.

Lendo todo o contexto, que nada mais é que o capítulo 14 inteeeeeiro de 1 Coríntios, vemos que Paulo reconhece que as mulheres estavam orando e profetizando em adoração pública e NÃO as condenou em fazê-lo (1Co 11.5), embora aqui ele ordenasse às mulheres que ficassem “Caladas na Igreja”. Foi um meio que Paulo achou de resolver alguns probleminhas que estava acontecendo na Igreja de Coríntios. Nesta passagem Paulo estava provavelmente discutindo o dom da profecia. Paulo permitiu a participação das mulheres na adoração e, de fato, esperava que elas fizessem isso (1Co 14.26), mas, aqui, ele podia estar PROIBINDO AS MULHERES DE CRITICAREM AS PROFECIAS FEITAS, porque tinha em mente o principio da liderança em evidencia na assembleia publica dos cristãos.
 
Era um meio também de Paulo colocar ordem na casa de Deus, ordenando que as mulheres respeitassem as hierarquias, a liderança e não ficar contestando com as profecias, as mulheres deveria estar apresentando alguma desordem de conduta.
 

CONCLUSÃO

Paulo não era um machista como muitos dizem, e ele não incitou que os homens fossem com esse versículo, Paulo sendo Líder espiritual, ele deveria exortar, ensinar, literalmente colocar ordem no barraco para que houvesse ordem e decência na casa de Deus, as mulheres podem e devem sim ensinar a palavra de Deus para toda a criatura como está em escrito em (Marcos 16.15). Mas para isso você Mulher deverá estudar a palavra de Deus para não ensinar heresias. Na sua igreja, é importante lembrar que lá é lugar de adoração, não só as mulheres, mas os homens que não estão ensinando fiquem calados, aprendendo em silêncio, hora de questionar é quando o culto se deu por encerrado, seja perguntando para seu marido, seu pai, seu pastor enfim.
 
Mulheres podem e devem ajudar na evangelização, no aconselhamento dentro da palavra, na adoração, no louvor, profetizando, caso não tenha o que dizer fique em silêncio somente absorvendo o que é bom para salvação da nossa alma.
 
Paulo quando usam essas palavras “mulheres aprendem em submissão, em silêncio” ele quer que nós submetamos á liderança do mestre que nos ensina, examine o que está sendo ensinado, e não ficar causando confusão dentro da igreja apontando o dedo e discordando em alta voz de tudo.
 
Por isso é importante que você estude a Bíblia, examine antes de engolir o que estão dando para você comer, pergunte sim, fora do culto, e Deus honrará a sua postura e sua cooperação de ordem e decência na casa d’Ele.
 
É isso ai meninas, espero que este post tenha ajudado você a entender um pouco sobre as escrituras, e não se revolte com Deus, por que tudo o que aprendemos desde pequenas é totalmente contrário daquilo que Deus quer e planejou para nós.


 
Não deixe de nos seguir nas redes sociais, sua participação por lá é muito importante para nosso Ministério: Facebook MNTA - Facebook NTA - Instagram



Por: Regiane Marques
Foto: Google
Fonte: Bíblia da Mulher

2 comentários:

  1. Olá, Regiane!
    Como é bom e agradável encontrar luz e entendimento na palavra. Atualmente as pessoas distorcem sem buscar compreensão a bíblia.

    https://escritoradeterminada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade flor, Deus ama e deseja que as mulheres trabalhe para ele também, nem Paulo e nem Deus é machista. Obrigada por comentar. bjinhus

      Excluir